Fale conosco

A Segurança da Informação é o conjunto de ações para a proteção de um grupo de dados. Saiba como executar os investimentos em segurança na sua TI.

A Segurança da Informação é o conjunto de ações para a proteção de um grupo de dados, seja de uso pessoal ou uma organização. Sua maior relevância é no setor de TI que trata diretamente das questões envolvidas, tidas por muitos como o principal patrimônio de um negócio.

A Segurança da Informação de uma organização refere-se a todo o tipo de dados, incluindo todos os níveis de informações pelos diferentes níveis de cargos, atuando em toda a infraestrutura, tais como sistemas, processos, serviços, tecnologias etc. E conforme o valor desta informação for maior, proporcionalmente deverá ser a segurança destas informações.

A importância da segurança da informação para as empresas

Atualmente uma das maiores preocupações das organizações é evitar vulnerabilidades para se prevenir de perda de dados, dos ataques e vazamentos de informações. Há vários mecanismos que permitem proteger os dados tais como: detectores de intrusos, antivírus, sistemas de backups, dentre outras para ferramentas responsáveis para preservar os dados.

Baixos investimentos em Segurança da Informação deixam os dados vulneráveis, suscetíveis a problemas e perdas que podem acarretar problemas para a organização. Não é à toa que hoje muitas empresas, preocupadas com isso, avaliam a segurança dos dados de seus fornecedores, para que os seus dados não fiquem expostos a vulnerabilidades.

Assim entendemos que investir em Segurança da Informação é fundamental para manter a segurança dos dados de sua empresa, seus clientes e funcionários. Evitando que sejam acessadas por pessoas não autorizadas e que estas informações sejam usadas para fins indevidos.

Boas práticas da Segurança da Informação

Vamos listar aqui diversas boas práticas que você pode implantar em sua organização para manter a Segurança da Informação:

  • Defina bem suas políticas de segurança

Faça uma avaliação bem criteriosa das políticas de segurança de sua empresa e deixe-as bem claras aos seus colaboradores. A compreensão deles a respeito do assunto é fundamental para que eles não banalizem os riscos e se comprometam a cumprir com o combinado. Documente e sempre repasse o assunto quando for necessário.

  • Monitore o que acontece dentro do seu ambiente

Pode ser trabalhoso, mas é fundamental, somente com monitoramento é possível detectar onde pode estar as brechas da sua segurança. As vulnerabilidades devem ser percebidas de imediato, para que ações cabíveis sejam tomadas no seu devido tempo, minimizando perdas.

  • Faça backups constantemente

Uma medida simples, mas também importante, é manter os dados registrados para casos sejam perdidos. Assim não se perde informações e nem tem que começar trabalhos desde o início. Defina uma periodicidade e adote esta prática. Manter esta rotina pode ser fundamental em algum momento.

  • Mantenha-se informado e acompanhe as evoluções

Tecnologia da Informação é a área que mais evolui no mercado. Quem não se mantém atualizado é praticamente deixado de lado. E isso conta muito quando falamos em Segurança da Informação, pois sempre há novidades em formas de ataques à segurança, também em ferramentas e práticas para proteger os dados.

  • Defina uma política de acessos bem definidas

Muitos problemas na Segurança da Informação estão relacionados com este item. Quanto menos pessoas tem acessos aos dados, menos riscos a organização corre. E isto é definido pela função, se o colaborador precisa ou não daquelas informações, e da importância daqueles dados. É necessário definir muito bem o que cada um pode acessar e evitar imprevistos.

  • Mantenha a atualização de softwares e drivers

Outro ponto fundamental é manter a atualização do seu Sistema da Informação. As empresas que oferecem produtos e serviços no mercado de TI estão sempre se aperfeiçoando, aprimorando seus sistemas. E estes aprimoramentos são lançados como atualizações. Tornando imprescindível manter todo o sistema de sua empresa atualizado e protegido.

  • Criptografe os dados

Uma forma bem interessante de proteger seus dados é codificá-los através de ferramentas que oferecem este serviço de codificação. Isso impede que qualquer um que tenha acesso a informações internas e consiga usá-las. Selecione o que pode ser mantido criptografado e mantenha as chaves de acesso ao código somente com pessoas autorizadas.

  • Tenha planos de contingência

Os profissionais de TI precisam saber como proceder quando situações adversas ameaçam a segurança de seus dados. Isso é essencial para que cada um saiba o que fazer e da forma mais rápida possível. Pense em todas as possibilidades juntamente com a equipe, elaborem medidas para cada uma, deixem tudo documentado e se possível a equipe treinada regularmente para cumprir de imediato as determinações.

  • Peça ajuda a quem entende do assunto

Empresas especializadas neste serviço capacitam suas equipes para lidarem com todas estas questões, elas se mantêm atualizadas, se preocupam com a atualização dos drivers e softwares, conhecem ferramentas de monitoramentos e possuem disponibilidade e tempo para se dedicar somente a isso. Caso sua equipe não consiga garantir a segurança de seus dados, pensar em terceirizar isso pode ser uma solução para o seu problema.

Quanto uma empresa deve investir em Segurança da Informação?

Agora você deve estar se perguntando quanto uma empresa deve gastar em segurança. Bem, nem tudo é tão simples e não trazemos resposta para tudo. Então depende. Pois isso depende do tamanho da empresa e o quanto ela pode estar exposta, sendo alvo de ataques.

Mas podemos fazer uma análise por pesquisas realizadas nos EUA. Uma pesquisa realizada pela CIO em maio de 2018, a State of IT Security 2018, visava saber o investimento em Segurança da Informação, mostrou que ¼ das empresas investem em entre 10% a 20% do orçamento total de TI.

Aqui na América Latina, o assunto também é tratado com seriedade, que também possui um alto investimento, um estudo da Fortinet realizado em fevereiro de 2018, o investimento orçamento total de TI é de 16,5% em Segurança da Informação. Empresas no Brasil têm investido principalmente nas áreas de antimalware e serviços de segurança para pontos terminais, também têm voltado a atenção para a questão de segurança móvel e ao firewall. Este aumento do orçamento vem paralelamente com o aumento de ciberataques.

Por isso percebemos a importância que a TI dá para a questão da Segurança da Informação, uma área que precisa de constante atualização e investimento para garantir a integridade dos dados da empresa.

Gostou da nossa dica? Acesse as outras publicações de nosso blog. Nos acompanhe também nas redes sociais, onde sempre compartilharemos novidades, siga-nos no Facebook e LinkedIn.