Fale conosco

A gestão de uma empresa envolve o tratamento de uma grande quantidade de informação. Geralmente esses dados são produzidos por diferentes programas. Nesse cenário, a integração de sistemas é a melhor forma de simplificar o acesso às informações sensíveis.

O que é a integração de sistemas?

De uma forma simples, a integração de softwares pode ser explicada como a junção dos programas ou sistemas utilizados por uma empresa.

Dessa forma, os dados são compartilhados entre os softwares. Facilitando o acesso e o trabalho a partir dessas informações.

Vantagens da integração de sistemas

Fazer a integração de sistemas de uma empresa pode trazer algumas vantagens para a gestão e para o negócio. Podemos destacar:

  • Otimização dos processos da empresa

  • Centralização dos dados

  • Maior produtividade dos funcionários

  • Melhoria da experiência do consumidor

Quando fazer a integração de sistemas?

A integração de sistemas é feita de acordo com as necessidades e o tamanho de cada negócio. Entretanto, se os objetivos da empresa estiverem na lista abaixo, a integração é uma forma de conseguir atingi-los.

  • Aumentar a produtividade

  • Melhorar o atendimento

  • Melhorar a reputação no mercado

  • Atualizar os sistemas

  • Integrar os programas

  • Simplificar os processos

Modelos de integração de sistemas

Atualmente, a integração de sistemas pode ser feita de três maneiras diferentes.

  1. Banco a Banco:
    A integração é feita através do compartilhamento de um banco de dados em comum. Sendo que é necessário intervenção de um database administrator, profissional responsável por executar essa atividade.
     
  2. Compartilhamento de dados eletrônicos:
    Esse modelo conta com um software específico. Ele atua como um tradutor universal. Assim, ele exporta e importa dados de um programa, o traduz e repassa para outro dos sistemas integrados.
     
  3. API:
    Solução mais moderna na integração de sistemas. O API (application programming interface) funciona como uma ponte entre todos os sistemas de uma empresa.

Dessa forma, ele permite que os dados circulem entre os diferentes programas em tempo real.

Como fazer a integração de sistemas?

Antes de fazer a integração de sistemas de uma empresa é necessário definir quais os objetivos a serem alcançados com essa mudança. Dessa forma, é possível determinar a melhor opção e ajustar as expectativas dos gestores e funcionários.

Depois de escolhido o modelo de integração de sistemas, devem ser feitas configurações personalizadas. Com isso, a integração é feita para se adequar aos objetivos da empresa, ao modelo escolhido e aos tipos de dados trabalhados.

O próximo passo é preparar os dados para a sincronização. Assim, eles precisam ser organizados corretamente. Além disso, eles precisam estar em um formato compatível com o trabalhado pelo modelo de integração.

O último passo é preparar os colaboradores para as mudanças. Essa é uma etapa importante, já que os funcionários serão responsáveis por utilizar o novo sistema.

Assim, é preciso fornecer treinamentos para engajar os colaboradores, mostrando os benefícios que essa mudança vai trazer para a empresa e para eles, e ensiná-los a usar o sistema integrado.

A Dinamio tem a solução de TI certa para sua empresa. Acesse o nossa página de contato e envie sua mensagem.